13 julho 2014

Eu Li: A Moreninha - Joaquim Manuel de Macedo em HQ

Eu ainda não tenho uma opinião formada a respeito, mas sei que anda por aí toda uma discussão sobre a releitura de clássicos, há aqueles que dizem que isso pode afetar a interpretação, que tira toda a graça da leitura, outros defendem que é uma forma de fazer com que os jovens tenham um primeiro contato com esses que chamamos de "clássicos da literatura". No geral não sei o que diria, acho que ambos os lados tem sua razão, mas no caso deste HQ eu gostei muito. Um dos ponto mais positivos que encontrei é que procuraram manter a linguagem o mais próxima possível da original, com algumas adaptações necessárias é claro, além disso, algumas palavras vem com seu significado em notas de rodapé o que ajuda muito e torna a leitura mais rápida do que se tivéssemos de parar para procurar no dicionário. 

Antes ainda de receber este livro para resenha, crescia em mim o interesse por histórias em quadrinho, é sempre legal contar com a linguagem visual, além da linguagem escrita, sem contar que fugi um pouco da minha rotina literária. Achei os desenhos um tanto modernos, mas em nada atrapalha a leitura ou diminui a qualidade do livro. Sobre a história acho que todos já conhecem (já que é tema "obrigatório" em aulas de Literatura), mas deixo abaixo uma sinopse e imagens do livro. Ah, nas últimas páginas falam um pouco sobre o autor, suas obras...! 


"Quatro estudantes de Medicina (Filipe, Leopoldo, Augusto e Fabrício) passam o feriado na casa da avó de um deles, numa ilha. Um deles apostou que se ficasse apaixonado por uma mulher por mais de quinze dias, escreveria um romance contando a história desta paixão. A partir daí, conhece Carolina (a Moreninha que dá título ao livro) por quem se apaixona.O único obstáculo à união dos dois é a promessa de fidelidade feita pelo estudante a uma menina que conhecera na infância e cujo paradeiro e identidade desconhecia. Porém, esse empecilho é resolvido no final do livro, causando surpresa aos leitores e personagens do enredo."

Para quem não sabe, esta é considera a primeira obra do Romantismo Brasileiro. Segundo comentários no final da HQ, um dos motivos que podemos "especular" ser responsável pelo sucesso de Macedo é ter fugido dos caminhos de outros escritores brasileiros da época. 

Recomendo o livro para quem já conhece o enredo e está pensando em reler, para quem nunca teve contato mas tem "medo" de se aventurar na obra original, para quem gosta de histórias em quadrinhos ... Em fim, Para os curiosos e amantes da Literatura. ;) 

P.S: Muito obrigada a editora Escala Educacional por ter me presenteado com esta belíssima obra e desculpem a demora em postar esta resenha!

Um comentário:

  1. Mônica! Como sempre você expôs muito bem sua opinião e resenha. Parabéns. Para quem já leu a obra original vale apena ler esta em quadrinhos e quem não leu está na hora de ler as duas se gosta do gênero. Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, agora que já leu o post não deixe de dizer o que achou, críticas positivas e negativas ... sugestões ...! "Um blog se alimenta dos seus comentários". ;*

Acompanhe-me no face:

Quem Escreve?

Mônica. Gaúcha, 22 anos, apaixonada por livros, línguas estrangeiras, corujas e pessoas criativas. Futura professora de Espanhol, ama compartilhar suas experiências e devaneios no blog.

Comments

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *