10 dezembro 2014

Reflexão - Conquistas

Eu cresci como católica, fiz catequeze e crisma, mas não sou mais "praticante", as religiões não me atraem muito, principalmente por terem instituições "comandadas" por pessoas que são falhas, assim como eu, recentemente comecei a frequentar um centro espírita, mas eu não acho que preciso ir a Igreja ou ao centro para agradecer, posso fazer isso em casa, e não tenho certeza se Deus é como as religiões dão a entender, mas SIM, eu acredito que há algo ou alguém, nem que seja o tal do pensamento positivo que intercede por nós. 



Estou escrevendo este post, pois, final de ano, é costume relembrar os desejos e metas do ano que está chegando ao fim e ver se estes se realizaram. Sei que tenho falado muito da minha cirurgia, mas com a proximidade dela, eu me peguei pedindo para que tudo desse certo e agradecendo por tudo que já conquistei e me dei conta que sou uma pessoa de muita "sorte". Abençoada, ou como queiram chamar.  

Por que eu digo isso? Bem, quando decidi que queria cursar a faculdade de Filosofia, ao terminar o ensino médio fui aprovada no peies em primeiro lugar, cursei um ano e não me acertei muito com o curso, então, enquanto decidia novamente o que ia cursar resolvi que queria aproveitar esse tempo e trabalhar como au pair (babá na Alemanha), depois de muito pesquisar, fazer entrevista e conseguir o visto, eu realmente fui a Alemanha, quem me acompanha sabe que acabei voltando em uma semana, mas isso é outra questão que enfrento em minha vida, uma certa dificuldade de terminar os projetos que começo, o fato é que, quando quis viajar eu consegui. Então ao voltar decidi que iria cursar Enfermagem, passei em segundo lugar no vestibular, na mesma universidade federal da primeira vez. Mais um ano e novamente insatisfação com o curso, há um tempo venho amadurecendo a ideia de estudar Letras Espanhol e se tudo der certo (sei que dará) passarei novamente nesse vestibular. E esse ano que decidi que era hora de tentar a cirurgia bariátrica, de mudar de vida, também passei por uma série de burocracias, exames, mas cá estou, a uma semana da minha cirurgia. 

Pensando em tudo isso, eu sou muito abençoada. Ainda preciso melhorar e parar de desistir, mas esses dias eu finalmente cheguei a conclusão de que posso tudo que eu quiser, comecei a acreditar mais em mim e em minha capacidade. Minhas perspectivas para 2015? As melhores!  

5 comentários:

  1. muito importante ser grato pelo que conquistamos! um ótimo 2015 Moni, com muitas mais conquistas e coisas a ser grata! beijão :*

    ResponderExcluir
  2. O importante é não se acomodar...seguir sempre com muita perseverança que Deus estará sempre iluminando seus passos. Te amo.

    ResponderExcluir
  3. Oi meu anjo, eu acredito que o mais importante e ter fe em DEUS. Beijos


    Ja estou te seguindo

    http://ludymilam.blogspot.com.es/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ludy, adorei teu blog, principalmente por ser em Espanhol, (irei cursar faculdade Letras Espanhol), com certeza vou visitá-lo sempre! Bjs

      Excluir
  4. Ser grata é a chave da felicidade. Sou grata por tudo que me aconteceu esse ano, em especial meu blog, que mesmo tendo tão pouquinho tempo já me proporciona uma felicidade incrivelmente grande. Adorei seu blog.

    Feliz 2015 para nós!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, agora que já leu o post não deixe de dizer o que achou, críticas positivas e negativas ... sugestões ...! "Um blog se alimenta dos seus comentários". ;*

Acompanhe-me no face:

Quem Escreve?

Mônica. Gaúcha, 22 anos, apaixonada por livros, línguas estrangeiras, corujas e pessoas criativas. Futura professora de Espanhol, ama compartilhar suas experiências e devaneios no blog.

Comments

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *