23 dezembro 2014

5 Filmes Que Me Fizeram Chorar!

Gente, no que diz respeito a filme, eu choro com muita facilidade, sério, as vezes assisto filme romântico e choro por que queria um amor como o do filme (ou chorava antes de conhecer meu amor), outras choro simplesmente por me colocar no lugar da personagem, filmes que falam sobre câncer também me emocionam muito e no caso do penúltimo filme da lista, choro pela morte e um personagem muito querido.


Becoming Jane

Sinopse: 1795. Jane Austen (Anne Hathaway) tem 20 anos e começa a se destacar como uma escritora. Enquanto ela está mais interessada em desvendar o mundo, seus pais querem que ela logo se case com um homem rico, que possa assegurar seu status perante a sociedade. O principal candidato é o sr. Wisley, neto da aristocrata Lady Gresham, mas Jane se interessa é pelo malandro Tom Lefroy (James McAvoy), cuja inteligência e arrogância a provocam.



50/50

Sinopse: Inspirado em fatos reais. Adam tem apenas 27 anos e descobre que está com câncer. O problema é que ele não fumava, não bebia e foi difícil entender porquê foi aparecer um tumor em sua vida. Mas para ajudar a enfrentar essa pedreira ele vai contar com a ajuda de seu melhor amigo Kyle, um cara muito alto astral, e também de uma analista que não é de se jogar fora. Dessa forma parece até que suas chances de sobrevivência em torno dos 50% não tão ruins assim. Será que não mesmo?


Uma prova de amor 

Sinopse: Sara e Brian Fitzgerald são informados que Kate, sua filha, tem leucemia e possui poucos anos de vida. O médico sugere aos pais que tentem um procedimento médico ortodoxo, gerando um filho de proveta que seja um doador compatível com Kate. Disposto a tudo para salvar a filha, eles aceitam a proposta. Assim nasce Anna, que logo ao nascer doa sangue de seu cordão umbilical para a irmã. Anos depois, os médicos decidem fazer um transplante de medula de Anna para Kate. Ao atingir 11 anos, Anna precisa doar um rim para a irmã. Cansada dos procedimentos médicos aos quais é submetida, ela decide enfrentar os pais e lutar na justiça por emancipação médica, de forma a que tenha direito a decidir o que fazer com seu corpo. Para defendê-la ela contrata Campbell Alexander, um advogado que cuidará de seus interesses.



Harry Potter e a Ordem da Fênix

Sinopse: Harry Potter retorna à Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, para cursar o 5º ano letivo. Logo ele descobre que boa parte da comunidade bruxa foi levada a acreditar que o retorno de Voldemort foi uma mentira inventada por Harry, o que põe sua credibilidade em dúvida. Além disto, o Ministro da Magia Cornélio Fudge impõe à escola a presença de Dolores Umbridge, que torna-se a nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas. Acontece que as aulas de Umbridge, apesar de aprovadas pelo ministério, abrangem apenas temas amenos, deixando os alunos despreparados para os perigos dos dias atuais. Incentivado por seus amigos Rony e Hermione, Harry decide encontrar-se em segredo com um grupo de estudantes, visando a prática de magia. O grupo se autodenomina como a "Armada de Dumbledore", mas logo passa a ser vista como uma ameaça ao próprio Ministério da Magia.

Diário de uma paixão

Sinopse: Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton e Noah Calhoun, dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe. Por um ano Noah escreveu para Allie todos os dias mas não obteve resposta, pois a mãe dela interceptava as cartas de Noah para a filha. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, Noah escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Alie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor.


E aí, já assistiram algum ou todos esses? Gostam? Choraram em algum? Não deixem de comentar :3 

9 comentários:

  1. Da lista eu só vi Uma Prova de amor, e nossa, me desmanchei em lágrimas T-T Outro que eu chorei muito mesmo e é tanto parecido com ele, é Uma Lição de amor. Cara, esse último é lindo meeeesmo.
    ━━━━━━━ •✺• Like a Rock Like a Roll •✺• ━━━━━━━

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma lição de amor é com um pai que tem retardo mental, ou algo assim né? Lindo mesmo ><
      Obrigada pela visita :D

      Excluir
  2. As mortes no Harry Potter acabam comigo, a gente entra na história e pensa, e se ele
    não tivesse morrido... :'(
    E ahhh só pra dizer mesmo, eu amoo a Anne Hathaway :))

    Eu sou extremamente chorona. :P
    Adorei teu post Mônica, :*

    http://apartirdos-23.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Uma prova de amor, aquele filme que faz a gente soluçar... aheuhaue chorei muito quando assisti...

    Não assisti os outros da sua listinha, vou ver.... heheh

    Um beijo moni

    Sherry

    ResponderExcluir
  4. Acredita que eu só vi o Harry Potter? Hhuieheiueh e ainda por cima chorei quando apareceu o logo da Warner Bros (sério). Na verdade, achei curioso você escolher A Ordem da Fênix, porque triste mesmo apenas foi a morte do Sirius e apesar de os outros também terem momentos marcantes, o que eu chorei feito uma condenada foi no último, porque terminou a série e eu soube que nunca mais veria um filme do Harry Potter estreiando novamente =(

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir
  5. Uma Prova de Amor sempre me faz chorar muito! Não tem como evitar! É um filme emocionante que mostra até que ponto o amor de uma Mãe vai, e a atitude da menina é de impressionar, o que ela pediu para a irmã mais nova ....
    Muito triste esse Filme! Choro muito com ele!
    Beijinhos Mônica e até!

    http://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu adoro Becoming Jane, a história da Jane Austen é tão linda e tão inspiradora, sabe? Eu sempre admirei ela, a forma como ela retrata mulheres, pra o tempo dela, fortes e independentes. Eu também sou louca pra ver esse 50/50 mas sempre esqueço de baixar ele.

    Tô seguindo o blog! Vem conferir o meu também, se poder. Sobrelentes.blogspot

    ResponderExcluir
  7. Da sua lista, eu já vi Harry Potter e a Ordem da Fênix, Uma Prova de Amor, e Becoming Jane. Não chorei em nenhum desses mas confesso que fiquei com muita vontade. Não sou de chorar em filme nenhum, geralmente fico com um nó na garganta, quando o filme meche muito comigo.
    Adorei todos esses 3, demais mesmo, são muito bons!
    Vou tentar assistir os outros dois, também parecem ser ótimos!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Chorei horrores com Uma prova de amor, lembro como se fosse ontem!
    50/50, Diário de uma paixão e Becoming Jane também me emocionaram <3

    Beijos,
    Tati.
    Rancorizei

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, agora que já leu o post não deixe de dizer o que achou, críticas positivas e negativas ... sugestões ...! "Um blog se alimenta dos seus comentários". ;*

Acompanhe-me no face:

Quem Escreve?

Mônica. Gaúcha, 22 anos, apaixonada por livros, línguas estrangeiras, corujas e pessoas criativas. Futura professora de Espanhol, ama compartilhar suas experiências e devaneios no blog.

Comments

Contact Us

Nome

E-mail *

Mensagem *